domingo, 17 de fevereiro de 2013

Já lá estive e voltei
Porque o cosmos impraticável
Prazenteiro e afável
Foge da vista com astúcia

Bom ignóbil

De fundo esticado
Manto hirto dos que para lá vão
Ataque de paixão ao platinado
Sumido vento fino entre dedos de mão

Esfera sadia
Esforçada nas ventas
Nobre ermo que sustentas
A esperança dos desfalecidos
Ombreias com astúcia
Então

O fim do além mar
Funda quizila no patronato
Vende-se peúgas ao desbarato
Para alimentar essa canalha

Parda mortalha
Em desilusivo sepulcro

1 comentário:

Mary Brown disse...

O próximo livro será em verso,em português ou em inglês?
Há um concurso no Book.it
Deixo-te aqui a informação quem sabe publicas outro?
"Adora escrever e o seu sonho é editar um livro? Participe no Concurso Literário da book.it e envie-nos a sua história!

Levante a ficha de inscrição numa loja book.it e envie-nos, juntamente com a história, uma sinopse, bilhete de identidade ou cartão de cidadão, tudo gravado em CD, via CTT para:
Concurso Literário book.it, Parque de Negócios de Empresas
Sonae Sonae Maia Business Center Estrada Nacional 13 - km 6,78
Lugar do Espido - Via Norte 4470-179 Maia."
Beijinhos